Tráfico usa tática da milícia e extorque transporte alternativo em São Gonçalo

By | September 24, 2016

Via O São Gonçalo
Por Renata Sena

Mesmo preso no final de agosto, o traficante Rodrigo Jaccoud, o Robozinho, de 37 anos, continua controlando com mãos de ferro seus domínios e cobrando pedágios a mototaxistas que trabalham na região.

A informação foi confirmada, na tarde da última quinta-feira, quando agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo realizaram uma operação e interromperam uma reunião entre traficantes e mototaxistas, que estavam sendo extorquidos pela quadrilha. Mais de 30 mototaxistas foram encaminhados à especializada e prestaram depoimento sobre o caso.

Segundo as investigações, os que circulam pelas comunidades do Plano, Baixadinha e Barreira, em Monjolos, São Gonçalo, são obrigados a pagar uma taxa R$ 144 por semana para permanecerem no ponto, que fica localizado na entrada do bairro Vista Alegre.

Ainda de acordo com a polícia, o responsável pelas cobranças seriam Edilon Amâncio Corrêa, o Dilon, que está foragido, e um homem identificado somente apenas por Taíde. Outros integrantes da quadrilha, envolvidos no esquema, também estão sendo identificados.

Operação – Na tarde de quinta-feira, agentes da DH receberam denúncias sobre uma reunião, convocada pelos traficantes, com os mototaxistas. Dilon participaria virtualmente do encontro, que foi planejado para ameaçar, coagir e extorquir os mototaxistas.

A reunião acontecia na Rua Renê Pamplona, em Vista Alegre, e foi interrompido pela polícia. Mas os criminosos conseguiram fugir. Os 32 mototaxistas foram levados para a sede da especializada, onde prestaram depoimento e foram liberados.

‘Uber do tráfico’ – A Polícia também confirmou a existência do transporte de passageiros em carros particulares, controlados por Robozinho. Os motoristas dos carros particulares, que fazem o trajeto Alcântara-Largo da Ideia, são obrigados a pagar uma taxa de R$ 160 para o bando.

trafico-sao-goncalo-mototaxi







Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *