Traficante Fat Family é resgatado por bandidos armados com fuzis e granadas do Souza Aguiar

By | June 19, 2016

fat_family-resgateUm homem morreu e outros dois ficaram feridos neste domingo (19) após criminosos invadirem o Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio, e trocarem tiros com a polícia. Um grupo de traficantes entrou na unidade, por volta das 3h, e resgatou um suspeito que estava internado.

O criminoso, conhecido como Fat Family, é suspeito de ser um dos chefes do tráfico de drogas no Morro Santo Amaro, na Zona Sul da cidade. Ele estava internado desde a útlima segunda-feira (13) quando ficou ferido em um confronto com a polícia.

Durante a troca de tiros, um policial militar ficou baleado. Além dele, um enfermeiro do hospital ficou ferido e um terceiro homem, que seria militar da Marinha, foi atingido e morreu no local. Até a publicação desta reportagem, não havia informações sobre o estado de saúde dos feridos.

A Delegacia de Homicídios da Polícia Civil interditou o hospital para realizar uma perícia na unidade.

Suspeitos estavam com granadas

Um enfermeiro afirmou que foi rendido por aproximadamente 15 criminosos que invadiram o Hospital Municipal Souza Aguiar, para resgatar o traficante internado na unidade. Além do funcionário, outras pessoas também foram rendidas durante a abordagem.

“Achei que fosse morrer”, disse o enfermeiro que preferiu não se identificar. Ainda de acordo com ele, eram 3h10 quando os criminosos entraram na unidade municipal de saúde “muito bem armados”. “Tinham até granadas”, afirmou.

Advogado teria ajudado

A polícia investiga que um advogado teria ido no local durante a madrugada pelo menos umas quatro vezes. Há informações de que a polícia teria sido informada de uma possível ação na unidade. A Divisão de Homicídios isolou o local para fazer perícia.

Vagabundo estava internado desde segunda

Baleado no rosto durante troca de tiros com os agentes, “Fat Family” foi levado ainda com vida para o hospital. De acordo com a polícia, o suspeito é irmão do traficante Marco Antônio Pereira Firmino da Silva, o “My Thor”, que tem cinco anotações criminais por homicídio, além de tráfico e associação para o tráfico de drogas. “My Thor” seria o líder do tráfico na Comunidade do Santo Amaro.

Com “Fat Family” foi apreendida uma pistola CZ, calibre 09mm, com carregadores e munições. Na mesma operação foram presos Fabiano Juvenal da Silva, vulgo Jabá, 26, e Luiz Alberto Araújo da Silva, vulgo “Da Lapa” ou “Bolão”, 27. Este último é indicado pelos agentes como o responsável por todos os pontos de venda de drogas na Lapa, região central da cidade.







Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *