Timoneiros do assalto ao Rio de Janeiro

By | December 16, 2015

timoneiros-da-propina-lula-cabral-paes

Propina Maravilha

A propina de R$ 52 milhões foi cobrada por Eduardo Cunha em cima do valor de R$ 8 bilhões liberados pelo FI-FGTS (Fundo de Investimento do FGTS) para o projeto Porto Maravilha, menina dos olhos do prefeito Eduardo Paes.

Quem ajudava a liberar o dinheiro no FI-FGTS era justamente Fábio Cleto, que foi exonerado por Dilma Rousseff na semana passada.

Segundo a Época, há também mensagens de SMS trocadas entre Eduardo Cunha e Leo Pinheiro, da OAS, responsável pelas reformas no triplex de Lula e no sítio de Atibaia.

Começa a ficar mais evidente que tipo de munição Cunha tem para cair atirando.

Do site O Antagonista

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *