Presídio em Roraima tem 33 mortos em guerra de facções

By | January 6, 2017

Roraima – A secretaria de Justiça e Cidadania do Estado de Roraima informou que, pelo menos, 33 presos foram mortos na madrugada desta sexta-feira, na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a maior do estado.

Conforme a assessoria do governo, que negou ter havido uma rebelião ou mesmo fuga, os próprios detentos teriam provocado as mortes durante uma briga de facções. Ainda segundo o órgão, o caso envolveu presos do Comando Vermelho e do PCC (Primeiro Comando da Capital), facção mais numerosa na penitenciária.

O policiamento foi reforçado no local com agentes do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

Em outubro, uma rebelião provocada por briga entre o Comando Vermelho (CV) e o Primeiro Comando da Capital (PCC) deixou pelo menos 10 presos mortos na penitenciária.

As mortes podem ter relação com o massacre ocorrido no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus (AM), no último domingo, quando morreram 56 presos, em chacina comandada pela facção Família do Norte (FDN), considerada pelas autoridades a 3ª maior do país.

Nesta semana, somente em Manaus, 184 presos escaparam do Compaj e do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat). A polícia recapturou 65 até o momento.







Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *