Polícia troca tiros com ladrões e liberta motorista de caminhão feito refém no Chapadão

By | November 13, 2015

Fonte: O Dia

Rio – Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) libertaram um motorista e um ajudante que estavam com um caminhão que transportava material de construção, na manhã desta sexta-feira. Os dois foram feitos reféns dentro de uma casa no Complexo do Chapadão, em Costa Barros. Houve intensa troca de tiros e os bandidos conseguiram fugir. Quatro homens que compraram carga roubada foram presos.

caminhao-roubado-chapadao

Os dois reféns estavam em uma casa na Rua Fernando Lobo, dentro do Chapadão, e eram mantidos em cárcere enquanto os criminosos faziam a retirada da carga do veículo e evitar que a polícia fosse acionada. Além da carga deste caminhão, que transportava material de construção, foram recuperados muitos produtos frigoríficos também fruto de roubos na região.

De acordo com o delegado Marcelo Martins, titular da especializada, houve uma intensa troca de tiros na chegada dos agentes na localidade, que durou cerca de 10 minutos. Os criminosos conseguiram fugir. A DRFC e a Core contaram com o apoio de um blindado durante a operação. Os policiais também estiveram no Complexo da Pedreira, na mesma região, mas não há informações de apreensão na comunidade. O material apreendido e os presos por receptação foram levados para a Cidade da Polícia.

PM recupera carga de cerveja

Policiais do 15º BPM (Caxias) prenderam um assaltante e apreenderam um caminhão que transportava cerveja na Avenida Automóvel Clube, no bairro Nova Campina, em Caxias, na Baixada Fluminense, também na manhã desta sexta-feira.

De acordo com os policiais, o homem preso junto com outros dois comparsas fecharam o caminhão com um carro, renderam o motorista e assumiram a direção do veículo de carga. Com a chegada dos PMs, dois criminosos fugiram. Com o preso foi encontrada uma pistola e um bloqueador de sinal, que dificulta a localização do caminhão pela empresa. O caso foi registrado na 62ª DP (Imbariê).

 







 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *