Polícia prende PM e comparsa acusados de integrar milícia na Curicica

By | March 19, 2016

Rio – Policiais da Delegacia de Homicídios da Capital (DH) prenderam nesta sexta-feira dois homens, sendo eles um PM, acusados de integrarem uma milícia que atua na região de Curicica, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. De acordo com os agentes, Willian da Silva Alves, o Negão, de 35 anos, e o PM Bruno Gomes Dias, de 32 anos, estavam em veículo quando foram capturados.

Com a dupla foram apreendidos duas pistolas, sendo uma calibre .40, com numeração raspada, anotações com contabilidade da milícia e R$ 1.240 em espécie. Os dois vão ser autuados em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

“Com a prisão e apreensão de duas pistolas, a DH vai investigar a participação deles e dos outros integrantes da quadrilha em homicídios ocorridos em Jacarepaguá”, afirmou o delegado Fábio Cardoso, titular da especializada.

Nesta quinta-feira, agentes da DH com objetivo de apurar homicídios em Jacarepaguá prenderam um homem apontado como chefe da milícia que atua nas redondezas da Estrada da Boiúna. Erivaldo Juvino Silva, conhecido como Nem, de 41 anos, foi capturado com um fuzil calibre 5.56 com luneta e mira a laser acoplada; uma pistola calibre 45 com o kit-rajada, que aumenta o poder de fogo do armamento, e um colete balístico. A polícia investiga a participação dele em mortes na região.

milicia-Curicica

 







 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *