PM é preso acusado do sequestro de um organizador de eventos em Jacarepaguá

By | July 18, 2016

policial-corruptoPoliciais civis da Delegacia Anti-sequestro (DAS) prenderam, no início da noite desta segunda-feira (18), dois autores de um sequestro que ocorreu na última sexta-feira (15). De acordo com a polícia, um dos criminosos é o sargento PM Daniel de Jesus Gervazoni, do 14º BPM (Bangu), e Bruno Faria de Souza que teria envolvimento com a milícia na região de Campo Grande, na Zona Oeste da Cidade. Os criminosos foram presos no Aeroporto Santos Dumont, onde pegariam o dinheiro do resgate com a família das vítimas.

A operação foi coordenada pela delegado Eduardo Jorge e as duas vítimas do sequestro, que estavam em um contêiner na Favela da Carobinha, em Campo Grande, foram resgatadas. Uma delas foi baleada e será socorrida para um hospital.

O titular da Divisão Antisequestro, Cláudio Góis, explicou que o resgate era inicialmente de R$ 500 mil, mas que chegou a R$ 300 mil.

“Pedimos que a família parasse de arrecadar o dinheiro, cerca de R$ 100 mil”, explicou ele. As duas vítimas do sequestro, segundo ele, seriam empresários no ramo de eventos e foram rendidas no carro próximo ao clube Anchieta. “Eles foram levados para um container vazio. Os criminosos mandavam fotos deles dentro do container, inclusive de uma das vítimas, Antônio, baleado na perna”, disse ele.

Após uma conversa com os criminosos, a Divisão Antisequestro conseguiu convencê-los de que a mulher de uma das vítimas os encontraria com o dinheiro em frente ao aeroporto Santos Dumont. “Eles tentaram fugir, mas não conseguiram. Eu acredito que pelo menos mais dois participantes existem”, afirmou Claudio Góis.

Na noite desta segunda-feira, o sargento do 14o BPM e o miliciano preso estavam sendo interrogados. “Estamos averiguando para tentar entender porque eles fizeram isso”, afirmou o titular da DAS.

Filho de vítima estava nos EUA

Uma das vítimas é Aguinei Oliveira Santos, de 53 anos, que foi sequestrado nas proximidades do Clube Anchieta, no bairro de mesmo nome, na Zona Norte do Rio. Junto com ele, também foi levado Antônio Pinto Nascimento, de 34 anos, que levou um tiro na perna no momento da abordagem.

O filho de uma das vítimas, que mora nos Estados Unidos, conta que estava em Orlando com a mãe e um irmão quando souberam do sequestro, ocorrido em Jacarepaguá, na Zona Oeste, na sexta-feira (15).

“Minha mãe foi me visitar nos Estados Unidos, já que eu faço faculdade e jogo futebol, quando vimos uma mensagem do nosso pai, com um buraco na perna”, contou ele, que não quis se identificar. Segundo ele, os criminosos pediram R$ 500 mil de resgate.

“A gente ficou desesperado, com o resto da família conseguimos R$ 100 mil. Aí eles disseram que não queriam mais. Depois disso, viemos aqui na Divisão Antisequestro”, afirmou ele.

Os sequestradores foram conduzidos para a sede da DAS, no Leblon, Zona Sul do Rio.







Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *