Operação da DRACO contra milicianos da Liga da Justiça apreende fuzil, pistolas e granadas

By | July 27, 2016

Uma operação da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (DRACO-IE) com apoio da Subsecretaria de Inteligência (Ssinte) da Secretaria de Estado de Segurança e da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense cumpriu nove mandados de busca contra uma quadrilha de milicianos, conhecida como Liga da Justiça, que expandiu seus domínios de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, para as cidades de Seropédica e Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

milicia-liga-da-justica-1

O objetivo da ação foi reprimir os homicídios e as taxas de extorsão praticados por estes criminosos. Os agentes apreenderam mais de R$ 60 mil em espécie, um fuzil M-16, sete pistolas (calibres .40, 9 mm e 380) e três revólveres calibre 38 e duas granadas. Além disso, dois veículos e uma moto foram recuperados. Cinco pessoas foram presas em flagrante e um homem por cumprimento de mandado de prisão por falta de pagamento de pensão alimentícia.

A operação apreendeu documentos que comprovam que os milicianos cobravam taxas de proteção dos estabelecimentos comerciais, cursos de inglês e até de creches. Os valores variavam de R$ 30 até R$ 300 por semana. Uma planilha apreendida mostra que a segurança dos locais era organizada e dividida por plantões em turnos da manhã, tarde, noite e madrugada. Desde o início da atual gestão, mais de 1.150 milicianos foram presos.

milicia-liga-da-justica-2







One thought on “Operação da DRACO contra milicianos da Liga da Justiça apreende fuzil, pistolas e granadas

  1. Lundo

    Tem gente que ainda apoio esses vagabundos de merda enxargadores de moradores e comerciantes

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *