Morre adolescente infrator que contraiu meningite em unidade do Degase

By | August 27, 2016

Morreu nesta manhã o adolescente infrator que contraiu meningite no CAI-Baixada, unidade de internação do Degase em Belford Roxo. O corpo foi encaminhado para o IML de Nova Iguaçu.

Entenda o caso

Na tarde de sexta feira (26/08), um menor infrator de Menor infrator do DEGASE é internado às pressas com meningite:

Na tarde de sexta feira (26/08), um menor infrator de 15 anos de idade que cumpria medida socioeducativa de internação no Centro de Atendimento Intensivo de Belford Roxo (CAI-Baixada), foi internado às pressas no Hospital Municipal Jorge Júlio Costa dos Santos, mais conhecido como Hospital do Joca, após perder a consciência e sair da unidade em estado de coma. Segundo os funcionários da unidade, o jovem já saiu da unidade apresentando quadro avançado de meningite meningocócica, a forma da doença que é transmissível através da saliva e do ar. A probabilidade é que o jovem seja transferido o quanto antes para o Hospital Getúlio Vargas, a fim de receber um tratamento mais adequado. Bastante nervosa, a mãe do interno esteve na unidade assim que foi informada do caso.

Os funcionários, que não quiseram se identificar por medo de represálias da direção geral do Órgão, estão desesperados: Segundo eles, há risco de Agentes e profissionais da equipe de enfermagem, que mantiveram contato direto com o interno, terem contraído a doença, além de outros internos. A unidade está com 380 menores internados, embora haja espaço para apenas 150. Também relatam que até o momento, absolutamente nenhuma medida foi adotada pelo Departamento no sentido de providenciar proteção aos demais internos e servidores. Os funcionários do Órgão também não contam com qualquer plano de saúde ou adicional de insalubridade para se protegerem de forma adequada dos riscos a que estão expostos em razão do ambiente confinado a que trabalham ininterruptamente.

Os funcionários, que não quiseram se identificar por medo de represálias da direção geral do Órgão, estão desesperados: Segundo eles, há risco de Agentes e profissionais da equipe de enfermagem, que mantiveram contato direto com o interno, terem contraído a doença, além de outros internos. A unidade está com 380 menores internados, embora haja espaço para apenas 150. Também relatam que até o momento, absolutamente nenhuma medida foi adotada pelo Departamento no sentido de providenciar proteção aos demais internos e servidores. Os funcionários do Órgão também não contam com qualquer plano de saúde ou adicional de insalubridade para se protegerem de forma adequada dos riscos a que estão expostos em razão do ambiente confinado a que trabalham ininterruptamente.

CAI Baixada

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *