Justiça decreta prisão de Edvardo Camelo Costa suspeito de matar homem em estação do metrô

By | July 13, 2015

suspeitos-assalto-metro-uruguaianaFonte: TJERJ

A juíza Maria Isabel Pena Pieranti, do Plantão Judiciário, decretou a prisão temporária, por 30 dias, de Edvardo Camelo Costa, acusado do crime de latrocínio – roubo seguido de morte – cometido contra o auxiliar de serviços gerais Alexandre de Oliveira, 46 anos, na última sexta-feira, na estação de metrô Uruguaiana, no Centro do Rio. No mesmo incidente, Diogo Pinto Muinos acabou ferido. O pedido foi ajuizado pela Polícia Civil.

De acordo com os autos processuais, o irmão de Edvardo compareceu espontaneamente à delegacia policial e o reconheceu nas imagens captadas pelas câmeras do sistema interno de segurança do metrô.

“É mais uma eloquente demonstração da desavergonhada criminalidade urbana que vem assolando, assustadoramente, esta cidade. A cada nova ocorrência similar vê-se que não se intimidam os delinquentes em agir em locais públicos, providos de câmeras e de vigilantes, muito movimento, à luz do dia. Covardemente audaciosos e vorazes, buscam o ganho fácil, mesmo que a vítima seja pessoa humilde e de parcos recursos. O finado Alexandre de Oliveira era um simples office-boy que trabalhava fazendo depósitos e saques bancários”, ressalta a juíza em sua decisão.

 



 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *