Ex-deputado Domingos Brazão foi preso em operação da Polícia Federal

By | March 30, 2017

A Operação O Quinto do Ouro, da Polícia Federal, deflagrada nesta quarta-feira, 29, prendeu cinco conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro. O conselho deliberativo da Corte de Contas tem sete membros.

São alvos de prisão temporária o atual presidente da Corte Aloysio Neves Guedes (mandato de 2017 a 2018), o vice-presidente Domingos Inácio Brazão e os conselheiros José Gomes Graciosa, Marco Antonio Alencar e José Mauricio Nolasco.

Segundo o site do Tribunal de Contas, Aloysio Neves Guedes foi advogado e jornalista e exerce funções públicas desde 1966. Tomou posse como conselheiro em abril de 2010, eleito vice-presidente para o biênio 2015-2016.

Domingos Brazão foi deputado estadual, no exercício do mandato desde 1999 até 2015, perfazendo 17 anos de mandato parlamentar. O ex-parlamentar tem sua base política em Jacarepaguá.

Brazão tomou posse no tribunal de contas em abril de 2015, e chegou a ser candidato à Presidência da Alerj algumas vezes. Brazão foi citado no relatório da CPI das Milícias, da Alerj, e foi investigado no caso da máfia dos combustíveis.







Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *