Dois suspeitos de invasão do hospital Souza Aguiar para resgatar Fat Family foram identificados

By | June 19, 2016

Não vai durar muito

Não vai durar muito

A Polícia Civil já está analisando as imagens do circuito interno do Hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio, invadido por pelo menos 20 bandidos, na madrugada deste domingo. Segundo o delegado Rivaldo Barbosa, que coordena as Delegacias de Homicídios, duas pessoas que participaram do resgaste já foram identificadas pelos investigadores. Há suspeita da participação de advogados, já que o bando sabia exatamente o andar e o local em que o preso estava internado. O bandido resgatado foi identificado como Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, de 28 anos, irmão do traficante My Thor, que está preso em um penitenciária federal. Ele é suspeito de chefiar o tráfico de drogas no Morro Santo Amaro, no Catete, na Zona Sul da cidade e tinha sido preso pela Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) na última segunda-feira. Fat Family teve sua algema cortada por um alicate próprio, que foi abandonado no local.

— Foi uma ação ousada e covarde, que terá uma resposta necessária e suficiente da polícia. Alguém fez todo o planejamento e passou as informações para os traficantes e nós vamos descobrir quem foi – disse o delegado Rivaldo Barbosa.

Segundo a polícia, um paciente identificado como Ronaldo Luiz Marriel de Souza, de 21 anos, foi baleado na unidade e morreu. Ele havia ido à unidade procurar socorro após se machucar durante uma briga numa boate. Ronaldo morreu durante uma cirurgia na região do abdômen, onde as balas tinham atingido. Um policial militar que estava socorrendo esta vítima também foi baleado e está sendo operado. O técnico de enfermagem, identificado como Júlio César, está internado em estado grave, no Centro de Terapia Intensiva do Souza Aguiar.

De acordo com a Polícia Civil, os PMs que estavam no local não reagiram para evitar uma chacina dentro do hospital. A Polícia Militar informou que os bandidos estavam armados de fuzis, pistola e explosivos. Um artefato foi arremessado contra a viatura policial.







Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *