Chefes de milícia e lideranças do CV deixam prisões federais e retornam ao Rio

By | March 16, 2017

Quinze criminosos que estavam presos em unidades federais fora do estado voltaram para o sistema prisional do Rio na noite desta quarta-feira. Todos foram levados para a Penitenciária Laércio da Costa Pelegrino (Bangu I), unidade de segurança máxima do estado, situada no Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste da cidade. As transferências aconteceram por decisão judicial.

Dos detentos que voltaram, pelo menos dez pertencem à maior facção criminosa do Rio e três são envolvidos com a principal milícia que atua no estado. Entre eles, estão os irmãos Natalino José Guimarães e Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho, envolvidos com a milícia, e o traficante Edson Silva de Souza, o Orelha, apontado como chefe do tráfico no Complexo do Alemão.

Confira abaixo a lista dos transferidos:

  • Wallace Batista Soalheiro (Pixote da Coruja)
  • Adilson Gomes Da Hora Junior (Nico)
  • Andre Luiz Da Silva Malvar (André Malvar, genro do Jerominho)
  • Ocimar Nunes Robert
  • Claudemir Silva Paixao (Negão da Doze)
  • Cleverson De Souza Silva (Trek do amor)
  • Edson Silva De Souza (Orelha, do Alemão)
  • Eduardo Luiz Paixão (Duda 2D)
  • Jerônimo Guimarães Filho (Jerominho)
  • José Benemário De Araújo (Benemário)
  • José Ricardo Couto E Silva (Ricardo Paiol)
  • Leonardo Marques Da Silva (Sapinho)
  • Luiz Cláudio Gomes (Pão com Ovo)
  • Mauri Alves Ribeiro Filho
  • Natalino José Guimarães


Jerominho e Natalino


Traficante Benemário







Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *