Chefe da milícia da Curicica é assassinado em clube no Recreio

By | May 17, 2016

Local do tiroteio

Local do tiroteio

Um sargento PM da reserva morreu outras três pessoas, entre elas um ex-policial civil, ficaram feridas depois de serem baleadas durante um intenso tiroteio no estacionamento da academia The Place, dentro do clube Novo Rio Country, no Recreio, na Zona Oeste do Rio.

De acordo com informações da PM, um carro estava no estacionamento da academia quando os dois alvos, o sargento da reserva Geraldo Antônio Pereira, conhecido como Geraldinho da Curicica e o ex-policial civil conhecido como Helinho, deixaram o local. Então, homens de preto e encapuzados que estavam no veículo, teriam efetuado disparos de fuzil contra os dois alvos.

Outras duas pessoas também ficaram feridas, mas sem gravidades. Elas foram levadas para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, também na Barra.

Os dois foram levados para o hospital Riomar, mas Pereira não resistiu. Baleado com dois tiros no ombro, Helinho se encontra em estado grave. Os outros dois feridos, civis que passavam pelo local e provavelmente foram vítimas de balas perdidas, foram levados para o Lourenço Jorge com tiros de raspão e não corriam risco.

Geraldo Pereira chefiava a milícia da Curicica desde a prisão de Roberto Ramos dos Santos Junior o Betinho em agosto de 2015.

geraldinho-da-curicica
Corpo de Geraldinho

helinho-policial
O ex-policial civil conhecido como Helilho também foi ferido







Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *