Agentes do Degase são reconhecidos e ameaçados por ex-interno armado na Avenida Brasil

By | March 24, 2016

Rio – Por volta das 14h desta quarta feira (23/.03) Agentes do Degase lotados no Educandário Santo Expedito, unidade de internação do DEGASE, em Bangu, circulavam na Avenida Brasil, sentido Centro da cidade, onde levavam um interno para ser atendido no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, localizado na Ilha do Fundão. Eles estavam realizando a condução de um menor infrator, que estava se recuperando de um tiro que tomou no momento de sua apreensão. A condução foi feita em uma viatura descaracterizada.

Ao chegarem na altura do Complexo da Maré, os Agentes ficaram presos no engarrafamento, momento em que duas motocicletas com três ocupantes saíram de dentro da comunidade do Parque União, na localidade conhecida como Sem Terra, e identificaram a viatura do DEGASE.

Nesse momento, os motociclistas começaram a ameaçar os Agentes de morte, aos gritos: “Vão morrer funcionários!”
Os ocupantes das motos faziam gestos com as mãos como se fossem arrancar a cabeça dos Agentes. Quando o trânsito abriu, os Agentes aceleraram a viatura e conseguiram se evadir, parando logo à frente para pedir ajuda a uma viatura da Polícia Militar, que estava baseada nas proximidades. Prontamente os policiais partiram em perseguição aos elementos, que conseguiram se evadir do local.

Os Agentes do DEGASE reconheceram um dos elementos como sendo um ex-interno da unidade. Na delegacia, o elemento foi reconhecido como F.M.S, de 17 anos de idade, que chegou a levantar a blusa e mostrar uma arma para os servidores, enquanto ocupava a garupa de uma das motos.

Fato curioso, é que este ex-interno identificado pelos funcionários como sendo um dos integrantes do grupo, deu saída da unidade no dia 22/03/16, uma vez que o interno recebeu o benefício de continuar o cumprimento da medida em uma unidade de semiliberdade do órgão, ou seja, o adolescente saiu da unidade um dia antes do fato acima mencionado.

O caso foi registrado na 34DP, em Bangu, tendo sido encaminhado posteriormente para a 21º DP, em Bonsucesso, que está funcionando como central de flagrantes.

degase-francoys

 







 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *