Agente é agredido por adolescente infrator em unidade do Degase na Ilha

By | September 20, 2015

Rio – Um agente de segurança do Degase foi agredido por um interno durante o horário de aula na Escola João Luiz Alves, unidade de internação na Ilha do Governador, o servidor foi atingido com um soco no nariz quando tentava retirar o adolescente da sala de aula.

A confusão se iniciou após agentes que fazem a segurança do horário escolar notarem que uma professora levantava a voz com um vagabundo que havia lhe faltado com o respeito. Um agente entrou na sala e pediu permissão a professora para encerrar a aula e retirar da sala os outros internos não envolvidos na confusão.

O adolescente que havia começado o tumulto se negou a sair de sala e uma negociação foi iniciada para a retirada pacífica do mesmo sem necessidade de contenção física ou uso do spray de pimenta. A negociação verbal não deu certo e quando os agentes entraram em grupo na sala para conter e retirar o interno um dos agentes levou um soco no rosto que causou um pequeno corte no nariz, neste momento os outros agentes imobilizaram e algemaram o vagabundo que foi encaminhado para o IML e posteriormente à delegacia para o registro da agressão a agente público em exercício da função.

O encaminhamento imediato do menor ao IML é necessário para resguardar os funcionários, é comum que vagabundos envolvidos em confusão nas unidades causem lesões a si para culpar os agentes e atenuar o crime que cometeram contra o funcionário público.

Escola João Luiz Alves, a "Mansão"

Escola João Luiz Alves, a “Mansão”

 







 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *